Marcio Alario Esteves é um grande admirador da franquia ‘Marvel’, afinal, quem não curte um bom filme de super heróis?! Hoje o entusiasta trouxe sua resenha acerca da série WandaVision que gerou muitas opiniões contraditórias desde antes de seu lançamento na plataforma de Streaming da Disney Plus.

Muitos acreditavam que a série abordaria apenas mais um capítulo da franquia e, por isso, não haveria algo diferente para mostrar aos telespectadores. No entanto, Marcio Alario Esteves revela que essa afirmação se mostrou totalmente errônea quando, com um enredo inovador, WandaVision apresentou todo seu potencial.

A série nos traz Wanda e Visão, um casal recém casado, o que é estranho, visto que seu companheiro morreu em nos últimos eventos de “Vingadores: Guerra Infinita”. O que mais causa estranheza, na verdade, é que, de acordo com Marcio Alario Esteves, Wanda e Visão estão nos anos 50 trazendo um cenário típico das antigas sitcoms americanas, como por exemplo “The Dike Van Dyke Show”.

Os três primeiros episódios nos dão apenas pequenos sinais de que algo está errado, até que então, Marcio Alario Esteves comenta que finalmente, após mostrar aos telespectadores que a trama se desenvolve sem pressa, o episódio 4 interrompe a vida dos recém casados e começa a inserir o MCU na história com novos personagens (da nova fase da Marvel), ficando ainda melhor nos episódios 8 e 9.

A proposta é, em suma, segundo Marcio Alario Esteves, abordar o luto e a evolução de Wanda, equilibrando a sitcom com a MCU com excelência, preparando o espaço para a introdução dessa nova fase – a quarta – da Marvel Studios, mostrando que ainda há como arriscar e surpreender, positivamente, o telespectador.

Além de tudo isso, Marcio Alario Esteves comenta que WandaVision, consegue cumprir seu objetivo, trazendo a Marvel, mais uma vez, uma história com uma perspectiva linda e riquíssima sobre o luto e o amor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui