Chorar vendo um filme de drama ou romance ainda é um tabu, mas quem aí não se emocionou quando o grande Titanic afundou e Jack não coube na porta junto com a Rose? Rafael Libman nos revelou que sofreu a cada minuto assistido. (Aliás, os dois cabiam ali sim!). 

Libman, como o grande cinéfilo que é, está acostumado a assistir filmes com os mais diversos temas e assuntos, hoje nos indicou alguns dos que mais o emocionaram.

  • UM OLHAR DO PARAÍSO 

O filme conta a história de uma garota que após ser assassinada pelo seu vizinho vai para um lugar entre o céu e o inferno, de lá ela acompanha todo o sofrimento dos seus pais, e observa todo o processo de investigação. A garota então tem de lidar com toda a tristeza e a sede de vingança, tentando ajudar sua família, para poder seguir em frente.

Rafael Libman nos conta que foi impossível não se emocionar com o filme, a história tocante faz com que pensemos sobre a fragilidade da vida e como agimos em relação a perda. 

  • PS. EU TE AMO

Somos primeiramente apresentados a um casal: Holly e Gerry se amam profunda e desesperadamente, porém Gerry fica doente e morre, deixando Holly devastada. 

Enquanto Gerry lidava com a doença, em segredo escreveu diversas cartas para a esposa, sabendo o triste fim que o aguardava. Holly então, começa a recebê-las poucos meses depois do enterro do amado marido. 

Esse deveria ser um clássico, se já não é!
Rafael Libman conta que as lágrimas foram garantidas durante o filme. Disse também que a história trata sobre recomeço, superação, luto e amor, ou seja, a fórmula perfeita para um filme incrivelmente tocante. 

  • O MELHOR DE MIM

Se você nunca chorou assistindo algum filme inspirado nos livros do autor Nicholas Sparks é porque você ainda não assistiu.

O filme trata sobre reencontros e o rumo da  vida, conta Rafael Libman. 

Amanda e Dawson se apaixonaram perdidamente na primavera mas perderam contato e só após 20 anos se encontraram, trazendo à tona todo o sentimento que possuíam um pelo outro.

O filme conta com uma reviravolta emocionante no final e é super indicado por Libman.

Libman acrescenta que é encantado por dramas e romance e está sempre disposto a conhecer novos títulos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui