O senador pela Paraíba, José Maranhão (MDB/PB), de 87 anos, faleceu nesta segunda-feira, 08, em São Paulo vítima de complicações decorrentes da Covid-19, confirmou sua assessoria de imprensa. O senador foi internado no dia 29 de novembro em João Pessoa, logo depois do segundo turno as eleições municipais. No dia 03 de dezembro ele foi transferido para a UTI do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. O corpo será levado para sua terra natal, Araruna, na Paraíba, onde será enterrado. O senador José Maranhão foi eleito para o segundo mandato no Senado Federal em 2014. Já havia sido senador, governador da Paraíba por três vezes, vice-governador, deputado Constituinte, deputado federal e deputado estadual. Iniciou sua carreira política em 1955 na Assembleia Legislativa da Paraíba.

José Maranhão também era piloto. Foi relator no Congresso Nacional do atual Código Brasileiro de Aeronáutica e dedicou-se nos últimos anos à reforma e elaboração do Novo Código, ainda aguardando votação. No Senado, foi presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania no biênio 2015/16. José Maranhão licenciou-se do Senado Federal no dia 12 de janeiro. Em sua vaga, tomou posse a primeira suplente, senadora Nilda Gondim, também do MDB. Casado com a desembargadora Maria de Fátima Bezerra, o senador deixa três filhos (Maria Alice, Leônidas e Letícia) e dois netos (José Neto e Maria de Fátima).