O Estado de São Paulo superou a marca de 2,7 milhões de casos de Covid-19 registrados desde o início da pandemia, em fevereiro de 2020. Segundo dados divulgados pelo Governo do Estado, foram registradas 18.067 novas infecções pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes nas últimas 24 horas, o que fez com que o total de casos subisse para 2.704.098. No mesmo período, foram contabilizadas 1.060 novas mortes causadas pela Covid-19, o que eleva o total de vítimas para 86.535. Tais números fazem com que São Paulo seja o Estado brasileiro mais afetado pela pandemia em números absolutos. A capital paulista registrou 675.330 casos da doença e 25.123 mortos, sendo o município mais atingido em termos absolutos. A maior taxa de letalidade pertence a São Luiz do Paraitinga: 26,9%.

Nesta quinta-feira, 15, a prefeitura da capital entregou o 10º hospital desde o início da pandemia. Localizado na região central da cidade, o Hospital Profª Lydia Storópoli será utilizado como unidade de transição para paciente em recuperação de Covid-19, contando com 212 leitos de alta, média e baixa complexidade. O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, afirmou que o hospital garantirá “um atendimento adequado” para os pacientes e que “ficará como legado para a cidade” após a pandemia. Ao todo, 636 profissionais da área da saúde serão responsáveis pelo atendimento na unidade.