O Grêmio comunicou na manhã desta segunda-feira, 5, que Renato Gaúcho apresentou sintomas da Covid-19 e não viajará com o restante da delegação para Quito, no Equador, onde o time enfrenta o Independiente del Valle, na próxima quarta-feira, 7, em embate válido pela terceira fase da Copa Libertadores da América. Em nota, o clube informou que o treinador queixou-se de dores musculares e garganta inflamada. O técnico passou por um teste de diagnóstico para o novo coronavírus e ficará isolado na capital de Porto Alegre por período indeterminado.

“Apesar do último RT-PCR, realizado no sábado, ter sido negativo, coletamos um novo teste na manhã desta segunda-feira e aguardamos o resultado. Renato teve pico febril durante a noite e segue indisposto. Com isso, o treinador está fora da delegação que irá para Quito”, disse o médico do Tricolor, Marcelo Dornelles. Del Valle e Grêmio se enfrentam a partir das 19h15 (de Brasília). O confronto de volta está marcado para a outra quarta-feira, dia 14 de abril, na Arena do Grêmio, no mesmo horário.