O Hospital Samaritano Botafogo, do Rio de Janeiro, informou nesta segunda-feira, 26, que o treinador Renan Dal Zotto, da seleção brasileira masculina de vôlei, apresentou piora no quadro respiratório. Internado com Covid-19, o técnico precisou novamente ser intubado. “O Hospital Samaritano Botafogo informa que o Sr. Renan Dal Zotto, técnico da seleção masculina de vôlei, apresentou piora no padrão respiratório, quadro comum nos casos de COVID-19. No último domingo (25/4), foram necessários novos procedimentos de sedação e intubação. O estado de saúde do paciente inspira cuidados”, comunicou o boletim.

Por complicações causadas pelo novo coronavírus, Renan está internado desde o dia 16 deste mês. O treinador ficou quase cinco dias intubado para manter o nível de saturação de oxigênio mais alto, de acordo com informações divulgadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). E deixou o procedimento de intubação na manhã de sábado. No entanto, seu quadro voltou a se agravar no domingo, o que exigiu novamente a intubação. O treinador e ex-jogador da seleção brasileira testou positivo para o novo coronavírus no dia 13 deste mês, no início da pré-temporada da seleção no Centro de Desenvolvimento da CBV, em Saquarema (RJ). Renan já tomou a primeira dose da vacina contra o coronavírus em Santa Catarina, mas ainda espera o calendário para receber a segunda dose do imunizante. Com 60 anos, o técnico faz parte do grupo prioritário da saúde por ser profissional de Educação Física.

*Com informações do Estadão Conteúdo