O ano de 2020 foi surpreendente para Ledoir Varela. Mesmo durante a pandemia, o mestre de obras não parou de trabalhar nem um segundo. A correria, segundo ele, continua no início deste ano. “Esse ano para mim foi bem legal, sabe? Tive vários pedidos e o que pediu mais mesmo assim, que eu atendi mais, foi a parte hidráulica, sabe? O pessoal está resolvendo fazer reformas em casa.” A agenda cheia de Ledoir tem motivo: de acordo com um estudo do GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, as buscas por reparos e reformas domiciliares cresceram 60% no ano passado. A plataforma registrou mais de 1,7 milhão de pedidos — a maior parte deles nas categorias de pedreiro, mudanças e carretos, eletricista, montador de móveis e encanador.

A diretora de Comunicação e Parcerias da plataforma, Sandya Coelho, explica que o aumento da demanda por serviços domiciliares tem ligação direta com o maior tempo que as pessoas têm passado dentro de casa. “As pessoas realmente estão se comportando de forma diferente, muito influenciado pela pandemia. O comportamento é de experimentação, mas também de priorizar algumas necessidade. Como, por exemplo, investir em melhorerias dentro de casa.” Entre os serviços que mais cresceram está o de instalação de gás, com um aumento de 410% nos pedidos em comparação com 2019. A instalação de antenas também foi muito procurada, aumentando 364% no período. Para 2021, segundo a empresa, a tendência é que as reformas e reparos domiciliares continuem a crescer, além da demanda por assistência técnica.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini