Com as praias da cidade do Rio de Janeiro ainda fechadas para banhistas até pelo menos o dia 19 de abril, tendo apenas o funcionamento dos quiosques da orla permitidos, a prefeitura da capital decidiu estender o auxílio emergencial voltado para ambulantes no valor de R$ 500. A quantia já tinha sido paga uma vez para a categoria no “super feriado” antecipado do fim de março e deve ser distribuída novamente como uma forma de ajuda no período em que eles serão obrigados a ficar em casa. O benefício valerá apenas para os ambulantes que estão registrados junto ao município e com suas taxas até o ano de 2019 pagas. Os ambulantes informais não devem ser beneficiados com o benefício.

Atualmente, apenas as atividades físicas individuais na areia e no mar estão autorizadas na cidade, mas a prefeitura estuda a possibilidade de criar um horário restrito para atividades esportivas coletivas a partir da próxima semana. “A própria recomendação da Organização Mundial da Saúde diz que a prática esportiva é importante neste momento, então a gente está avaliando isso e até a semana que vem a Secretaria de Saúde deve informar através de nota técnica se é possível essas atividades esportiva coletivas em praias e áreas abertas”, pontuou o prefeito Eduardo Paes (DEM).

*Com informações do repórter Rodrigo Viga