O Primeiro-ministro de Portugal, António Costa, disse que as fronteiras terrestres com a Espanha ficarão fechadas até a Páscoa para evitar possíveis deslocamentos durante o período de feriado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 11. Costa explicou que apesar das melhoras nas condições nos dois lados da fronteira, a manutenção do fechamento foi decidida em acordo com a Espanha. As fronteiras foram fechadas em 31 de janeiro, só sendo permitida a travessia em casos excepcionais, como de trabalhadores fronteiriços, retorno de cidadãos ou transporte de mercadorias e materiais. A passagem só acontece em pontos específicos da fronteira, sendo que alguns funcionam 24 horas e outros por períodos determinados. Fortemente atingido pela terceira onda da pandemia, Portugal, que tem 10 milhões de habitantes, registrou 812.575 casos e 16.635 mortes causadas pela Covid-19 desde o início da pandemia, que começou em 11 de março de 2020.

Nesta mesma quinta-feira, a Espanha registrou 166 mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, mostrando uma queda na mortalidade similar a de outubro de 2020. Também foi vista uma queda de incidência para 132,2 casos a cada 100 mil habitantes. Ontem também foram confirmados 6.255 segundo dados das autoridades de saúde da Espanha. A taxa de ocupação e leitos de UTI segue caindo, chegando a 22,4%, com 2.264 pacientes em tais condições. Até o momento, a Espanha registra 3.178.356 casos e 72.085 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia.

*Com informações da EFE