O cantor e compositor Nando Reis comentou a queda de interesse em lives musicais durante a pandemia de Covid-19. “A música transmitida com essa distância perde muito da sua graça”, disse Nando durante sua participação no quadro “No Caminho Te Explico”, do programa Morning Show, no qual o apresentador Fred Ring e seus convidados conversam e cantam a bordo de um Volvo XC40. Questionado por Ring, o cantor explicou que, apesar de ter ajudado os brasileiros no começo da pandemia, o formato se esgotou por conta da distância entre os artistas e o público. “Todas as coisas se esgotam, mas, na verdade, o esgotamento é porque, tanto para o público que assiste quanto para o artista, a música transmitida com essa distância perde muito da sua graça. De alguma maneira, foi importantíssimo para todos, para o alento que as lives trouxeram”, disse Nando Reis.

Ao falar sobre os próximos trabalhos de sua carreira, Nando disse que tem lançamentos para fazer ao longo do ano e que já está com um álbum novo em sua cabeça, mas que só se vê gravando quando os shows estiverem liberados. “A gente tem gravações e lançamentos para serem feitos ao longo do ano, obviamente sem poder nos apresentar. Tem um feat bacana que vai sair perto do dia dos namorados. Tem um disco novo na cabeça de músicas inéditas, mas não sei. Eu só imagino gravar quando puder lançar e fazer shows né. Certamente vai ser mais pra frente”, disse o cantor, que também falou sobre o EP lançado com seu filho Sebastião: “Nosso EP surgiu porque chamei o ‘Bastião’ para me ajudar, tocar comigo nas lives. Fizemos um trabalho que eu julgo muito bonito e fomos registrar isso em estúdio”, comentou Nando Reis.

Confira o quadro No Caminho Te Explico desta quinta-feira, 27: