Um médico foi agredido após alertar pessoas sobre a gravidade da pandemia de Covid-19. O caso aconteceu na última sexta-feira, 26, na cidade de Toledo, no Paraná. O infectologista Jose Eduardo Mainart Panini fez uma publicação em seu Instagram dando detalhes sobre a agressão. Na postagem, o médico afirmou que, antes de ser agredido, havia saído de uma reunião de horas “pra determinar o que seria ou não fechado, baseado num Decreto do Estado do Paraná”. “Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos, enquanto um me segurava o outro me agredia. Enfim pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está!”, disse o infectologista. Mesmo com as agressões, o médico afirmou não estar desanimado e disse acreditar nas vacinas para superar a pandemia. “O desânimo não vem! E junto com eles temos muita coisa boa, progresso, vacinas e tudo que vai fazer sairmos dessa pandemia! E aos trabalhadores da saúde muita força”, disse Jose Eduardo. A Jovem Pan tentou contato com o médico para obter novas informações sobre o caso, mas, até o momento de publicação desta reportagem, não obteve resposta.