O Marília informou na tarde desta terça-feira, 23, que quinze funcionários, entre membros da comissão técnica e jogadores, foram infectados pelo novo coronavírus. O surto de Covid-19 acontece após o time paulista viajar por três estados para enfrentar o Criciúma, em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Em comunicado, a diretoria demonstrou o descontentamento com os organizadores da competição pela logística feita para o confronto – o MAC empatou sem gols com a equipe catarinense e acabou sendo eliminado.

“O Marília Atlético Clube informa que após dupla viagem para fora do Estado devido disputa da Copa do Brasil, quinze funcionários do clube testaram positivo para Covid-19, dentre eles atletas e membros da comissão técnica. Fica registrado o descontentamento do MAC com a transferência da partida pela Copa do Brasil que deveria ter ocorrido em Marília. A Diretoria”, comunicou o clube paulista, através das redes sociais.

A partida, inicialmente marcada para a cidade de Marília, sofreu duas mudanças de locais por conta das restrições na cidade do interior paulista e Varginha, em Minas Gerais. A solução encontrada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), então, foi reagendar a partida para Cariacica, no Espírito Santo. As mudanças fizeram o MAC viajar por três estados, de ônibus, em menos de 48 horas.