O Centro Médico de Ichilov, em Tel Aviv, está desenvolvendo um tratamento para o novo coronavírus que completou com sucesso a sua primeira fase de testes clínicos. O hospital anunciou nesta sexta-feira, 5, que todos os 30 pacientes com casos moderados e graves da Covid-19 que receberam o medicamento EXO-CD24 se recuperaram da doença. Destes, 29 puderam deixar a internação em três a cinco dias. Desenvolvido por Nabir Aber, o remédio contém exossomos que transportam aos pulmões a proteína CD24, que ajuda a acalmar as reações do sistema imunológico. Acredita-se que essa resposta do próprio corpo do infectado por ser a responsável por muitas das mortes associadas à Covid-19. Em entrevista ao jornal local Times of Israel, Nabir Aber explicou que o medicamento deve ser inalado pelo paciente por alguns minutos uma vez ao dia durante cinco dias.

O EXO-CD24 ainda deve passar outros testes clínicos antes de ter a sua eficácia comprovada, mas os funcionários do Centro Médico de Ichilov, em Israel, já veem o remédio como promissor para o combate à pandemia. O diretor Roni Gamzu, por exemplo, disse ao Times of Israel que a pesquisa é “avançada e sofisticada e pode salvar pacientes com o novo coronavírus”. “Os resultados da fase 1 são excelentes e nos dão confiança no método que Arber vem pesquisando em seu laboratório há muitos anos”, relatou.