A Espanha anunciou nesta terça-feira, 2, a restrição de voos vindos do Brasil e da África do Sul com a justificativa de conter a variante do coronavírus encontrada nos dois países. A medida imposta pelo governo passa a valer a partir das 9h no horário local (5h no horário de Brasília) desta quarta-feira, 2, e se estenderá, a princípio, até o dia 17 de fevereiro, podendo ser prorrogada. Os viajantes brasileiros não poderão desembarcar no país, mas poderão fazer escala no aeroporto para outros voos com a condição de que a mesma não dure mais de 24 horas.

A medida foi aceita após o Conselho de Saúde de Madri passar semanas acionando as autoridades espanholas sobre a necessidade da suspensão de voos vindos do país. Segundo documentos da capital espanhola, pelo menos quatro resultados positivos de viajantes brasileiros que pousaram no aeroporto local foram encontrados pelas autoridades. Todos estão cumprindo isolamento em um hotel. A Espanha se junta a uma série de países que proibiram a entrada de viajantes brasileiros para conter a doença. Desde que a variante amazonense da Covid-19 foi encontrada em viajantes que chegaram ao Japão, no começo de janeiro, países como Itália, Turquia, França, Alemanha e Reino Unido barraram ou estabeleceram regras para a chegada de brasileiros. Até o momento, o Brasil tem 225 mil óbitos confirmados pela doença.