O governador de São Paulo, João Doria, fez, nesta quarta-feira, 10, o terceiro anúncio relacionado a expansão de leitos em São Paulo das últimas duas semanas. Mais 338 leitos, sendo 167 de UTI, serão implantados para atendimento da Covid-19 em hospitais estaduais, municipais e filantrópicos. Com isso, nos últimos 15 dias, o Estado de SP anunciou 1.118 leitos — 676 de UTI. Todos estarão em operação até o fim do mês. As expectativas são de que, até abril, 9.200 leitos de UTI no SUS estejam funcionando. Ao contrário das expectativas, não foi feito nenhum anúncio de restrição de circulação. O Estado de São Paulo está, pelo menos até o dia 19, na Fase 1 – Vermelha do Plano São Paulo.

Doria também afirmou que o governo federal continua desobedecendo o Supremo Tribunal Federal (STF) ao não reabilitar leitos Covid no Estado. “Parece inacreditável. O STF, através do voto de Rosa Weber, determinou que o governo federal reincluísse os leitos do Sistema Único de Saúde em São Paulo. Hoje o Ministério da Saúde tem 13% dos leitos habilitados, quando deveria ser 100%. Isso é desobedecer a Corte Suprema do país. Vejam a que nível chegamos. Mantivemos os leitos e não tivemos nem reembolso.” De acordo com Doria, estados como Bahia, Maranhão e Ceará enfrentam a mesma situação. O governador confirmou que a Procuradoria-geral do Estado vai entrar com medida no Supremo para informar Weber que sua decisão ainda não foi cumprida.

*Mais informações em instantes