O Papa Francisco realizou um pronunciamento antes da bênção de Páscoa, neste domingo, 4, no qual pediu que as vacinas contra o novo coronavírus sejam compartilhadas com os países pobres e que as autoridades ofereçam um “sustento decente” às famílias necessitadas em meio à crise de saúde. “No espírito de um ‘internacionalismo das vacinas’, convoco toda a comunidade internacional ao compromisso de superar desigualdades na distribuição das doses e a de promover a partilha dos imunizantes, especialmente às nações mais pobres”, disse.

Durante o ritual na basílica de São Pedro, o pontífice orou para que Deus conforte os doentes, os desempregados e as pessoas que perderam entes queridos. Também pediu ao Senhor que os médicos sejam abençoados. O Vaticano está em seu terceiro dia consecutivo de lockdown, por isso o pronunciamento de Páscoa foi realizado sem a presença dos fiéis – o que ocorre pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia de Covid-19.

Confira o pronunciamento do Papa Francisco: