O Brasil superou a marca de 14 milhões de casos de Covid-19 após registrar 69.381 testes positivos nas últimas 24 horas. Com isso, o total de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes chegou a 14.043.076. No mesmo período, foram registradas 3.321 mortes causadas pela Covid-19, o que aumenta o número de vítimas fatais para 378.003. A média móvel de mortes caiu para 2.797 assim como a média de casos diários, que foi para 63.297. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim realizada às 18h desta terça-feira, 20. Os indicadores da doença seguem mostrando avanço, com a taxa de mortalidade subindo para 179 a cada 100 mil habitantes e a taxa de incidência aumentando para 6.682,5 a cada 100 mil habitantes. Já a taxa de letalidade ficou em 2,7%.

Em números absolutos, São Paulo é o Estado mais atingido pela Covid-19, com 2.769.360 casos e 89.650 mortes causadas pela doença. Já em termos proporcionais, o Amazonas detém o maior índice de mortalidade (299,9 a cada 100 mil habitantes) e Roraima possui a maior taxa de incidência (15.510,6 a cada 100 mil habitantes). No momento, o Brasil é o terceiro país com mais casos da doença, atrás dos Estados Unidos (31,7 milhões) e da Índia (15,3 milhões). Já em relação às mortes, o Brasil é o segundo colocado do ranking, superado apenas pelos EUA, que somam 568 mil óbitos até o momento.