Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 32.321 novos casos e 987 novas mortes causadas pela Covid-19. Os números foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) às 18h desta segunda-feira, 8,um dia após o país ultrapassar a marca de 11 milhões de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes. No momento, o país soma 11.051.665 casos e 266.398 mortes causadas pela doença. Com isso, o Brasil é o terceiro país com mais infectados, atrás apenas dos Estados Unidos, com 29 milhões, e da Índia, com 11,2 milhões. Já em relação ao número de mortos, o país ocupa a segunda colocação do ranking da Universidade Johns Hopkins, atrás apenas dos EUA, com 525 mil vítimas fatais.

Os indicadores da Covid-19 no Brasil comprovam que o país vive um momento de avanço da doença. Com exceção da taxa de letalidade, que segue estável em 2,4%, todos mostraram aumento nas últimas 24 horas. A taxa de mortalidade aumentou para 126,8 a cada 100 mil habitantes enquanto que a taxa de incidência da Covid-19 foi para 5.259 a cada 100 mil habitantes. Também nesta segunda, o governo de São Paulo anunciou 11 novos hospitais de campanha e que a vacinação de pessoas com idade entre 75 e 76 anos deverá começar na próxima segunda-feira, 15. Simultaneamente, outros estados registram crescimento na taxa de ocupação dos leitos de UTI, como o Rio de Janeiro, onde tal taxa está em 96%.