A Austrália e Nova Zelândia estudam impor quarentena mais rigorosa para viajantes que chegam do exterior. Os países estão preocupados com o aumento do número de visitantes que chegam carregando as novas variantes do coronavírus. Os viajantes devem cumprir quarentena por 14 dias em hotéis específicos para o isolamento. A Austrália já detectou 105 viajantes que desembarcaram infectados com as mutações do coronavírus, sendo identificadas as variantes do Reino Unido, Brasil e África do Sul.

Somente nesta quarta-feira, 10, viajantes da Alemanha, Tanzânia e Emirados Árabes Unidos chegaram à Nova Zelândia com coronavírus. Nos últimos meses, o vírus se espalhou de hotéis para a população local, forçando os residentes ao confinamento. No estado de Victoria, na Austrália, cerca de mil funcionários de três hotéis foram afetados por surtos da Covid-19. O caso fez com que o primeiro-ministro de Victoria anunciasse o fechamento de um hotel em Melbourne, que recebe pessoas em quarentena. Apesar do avanço das campanhas de vacinação em todo o mundo, a Austrália não deve reabrir suas fronteiras para viajantes estrangeiros neste ano.

*Com informações da repórter Lívia Fernanda