Dados de uma pesquisa nacional feita pelo Poder Data, do Poder 360, entre a última segunda-feira, 26, e quarta-feira, 28, mostra que 48% da população culpa prefeitos, governadores ou a falta de cuidado da população em seguir as regras de segurança contra a Covid-19 pelo atual estágio do coronavírus no Brasil. Para 43% dos entrevistados, o presidente da República, Jair Bolsonaro, é o principal responsável pela crise. Os dados mostram a queda de 1% em relação à última pesquisa: foram 2.500 entrevistas em 432 municípios das 27 unidades da federação. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A comentarista do programa “Os Pingos Nos Is”, Ana Paula Henkel, acredita que a maior parte da oposição do governo federal tem como intenção jogar os números de mortes e casos de Covid-19 no colo de Bolsonaro para desgastá-lo para as eleições de 2022. “A gente pode criticar, ter alguma crítica pontual aqui e ali em relação à condução desta pandemia, mas da maneira que as pessoas fazem, parece que o [resto do] mundo não está vivendo esta crise”, afirmou. Ela acredita que o Brasil sofre hoje o que os Estados Unidos sofreram durante o período pré-eleitoral de Donald Trump e lembra da necessidade de se ler além das manchetes. “O que a pesquisa mostra é que as pessoas não estão comprando apenas essas manchetes sensacionalistas e que serão produzidas durante algumas semanas por causa dessa CPI da Covid-19. A gente sabe que essa CPI é um palanque político”, afirmou. Ana Paula lembrou mais uma vez da entrevista dada por Renan Calheiros culpando antecipadamente o governo federal pela crise da Covid-19 e usou esse posicionamento como um exemplo de que a comissão será um jogo de cartas marcadas.

Confira o programa “Os Pingos Nos Is” desta sexta-feira, 30, na íntegra: