A educação é essencial para a formação do ser humano, com ela podemos ir mais adiante e ajudar a sociedade a evoluir como um todo. Na matéria de hoje traremos como pauta a visão de Rafael Libman com relação a importância do aprendizado de novos idiomas, especialmente para a vida de crianças e jovens.

Quando pensamos no aprendizado de novas línguas, um dos primeiros fatores que devemos nos lembrar é o fator globalização: hoje em dia temos acesso ao mundo todo, podemos estudar fora, trabalhar e contribuir para a construção da expansão do conhecimento humano. 

Ensinar desde cedo as crianças a aprenderem novos idiomas, para Rafael Libman é essencial para a estruturação de um futuro promissor. 

  • Como Rafael Libman ajuda crianças no ensino de idiomas? 

O Brasil é um país cuja educação pública ainda é bastante precária, sendo essencial para crianças e jovens buscar melhorar sua educação dentro e fora das escolas. Pensando no futuro da educação de crianças carentes, Rafael Libman, que é fluente em inglês participa de um projeto social para ensinar crianças de comunidades a aprenderem inglês. 

Para Rafael Libman a gratificação de estar colaborando com o crescimento educacional de crianças carentes é uma forma de colaborar com o país todo, pois são crianças que se distanciam das ruas e passam a enxergar oportunidades de melhor desenvolvimento. 

Projetos como os que Rafael Libman participa busca oferecer às crianças aquilo que seus pais muitas vezes não têm condições de proporcionar, no caso, um curso de idiomas de qualidade. 

“As crianças são ensinadas com aquilo que aprenderam em um curso de idiomas particular: oferecemos toda a base linguística, com gramática básica e vocabulário funcional, aos poucos os pequenos já conseguem dizer em inglês o nome de partes de corpo, itens de casa, se apresentar, conjugar verbos… Tudo isso é feito de forma gradual e com muita paciência e dedicação” – menciona Rafael Libman. 

Devemos sempre compreender que as crianças são o futuro da nação, proporcionar qualificação a elas é garantir cidadãos preparados para mundo lá fora, conseguindo expandir os horizontes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui