Na noite desta quinta-feira, 19, um caso chocou as redes sociais. Um homem, identificado como João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, morreu após ser espancado na porta do supermercado Carrefour, no bairro Passo d’Areia, na zona norte de Porto Alegre. De acordo com informações da mídia local, João teria se envolvido em uma discussão com uma funcionária do caixa. Três seguranças foram acionados. Segundo a Brigada Militar, o homem foi levado para o estacionamento e espancado. Membro da torcida organizada Os Farrapos de São José, Beto, como era conhecido pelos amigos, teria pedido socorro durante a agressão.

“Beto clamava por socorro e pedia para respirar pois estavam trancando a respiração dele com os joelhos nas costas, bem na parte dos pulmões, infelizmente não resistiu a parada respiratória e acabou falecendo”, escreveu a torcida em suas redes sociais. Três pessoas foram presas. De acordo com o delegado Leandro Bodoia, que atende a ocorrência, os envolvidos e testemunhas ainda serão ouvidos e imagens das câmeras de seguranças serão analisadas. Não é a primeira vez que funcionários da rede de supermercados se envolvem em episódios de violência. Em 2019 um segurança foi acusado de matar um cachorro e em agosto uma loja no Recife ‘escondeu’ o corpo de um funcionário que faleceu no trabalho com guarda-sóis.