Candidata à prefeitura de São Paulo pela Rede Sustentabilidade, Marina Helou confirmou seu apoio à candidatura de Guilherme Boulos (PSOL), que enfrentará o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) no segundo turno do pleito. A informação foi publicada pela candidata em seu perfil no Twitter e confirmada pela Jovem Pan junto à sua assessoria. Na postagem, Marina disse que decidiu apoiar a chapa de Boulos e Luiza Erundina após firmar um “compromisso programático” com a chapa levando em conta valores importantes para seu partido. “Para tirar São Paulo da mesmice, precisamos fazer diferente! Por isso anuncio, a partir de um compromisso programático com pontos importantes para a Rede Sustentabilidade, o meu apoio a @GuilhermeBoulos e @luizaerundina. Vamos juntos por uma SP mais inclusiva e sustentável”, disse Marina em seu Twitter.

Através de nota enviada à reportagem, Marina detalhou os motivos de sua escolha, dizendo que a candidatura de Boulos se dispôs a considerar alguns pontos levantados pela candidata, como “Meio Ambiente e Saneamento Básico”, “Primeira Infância Transversal”, “Educação de qualidade com foco em aprendizagem” e “Transparência e Gestão com responsabilidade fiscal”. “A proposta de Boulos e Erundina para São Paulo concordou em considerar esses pontos como fundamentais no seu plano. Acredito que esta é a alternativa que melhor proporciona uma possibilidade de conectarmos a política com as pessoas pela esperança. Com inovação, juventude e uma construção limpa, sem amarras. Por isso que neste segundo turno eu vou de Boulos! Aperta 50 e vem!”, disse Marina no comunicado. Apesar do apoio ao candidato do PSOL, a deputada também exaltou Bruno Covas, dizendo que ambos são “candidatos que se afastam do autoritarismo e dos desvarios do governo federal, mostrando que se preocupam realmente com São Paulo”.

Marina se junta ao grupo que declarou apoio a Guilherme Boulos. Além dela, Orlando Silva, Jilmar Tatto, Fernando Haddad e Lula declararam o apoio ao candidato do PSOL. Dentre os partidos, além do PT e do PCdoB, o PDT também confirmou apoio à legenda. Segundo informações obtidas pela Jovem Pan, o PSB, de Márcio França, deverá anunciar seu posicionamento para o segundo turno amanhã, 19. Do outro lado da corrida pela prefeitura, o Republicanos – partido de Celso Russomanno -, e o candidato Andrea Matarazzo declararam apoio a Bruno Covas, que aparece liderando as pesquisas de intenção de voto.