A Polícia Federal informou que, no início da tarde desta segunda, 16, prendeu o homem responsável por lançar um automóvel no espelho d’agua do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em Brasília, por volta das 23h40 do domingo, 15. No momento do incidente, a pasta acionou a Polícia Militar do Distrito Federal, que isolou o local. A PMDF, quando consultada pela reportagem da Jovem Pan, afirmou não poder dar mais detalhes sobre o momento da ocorrência porque a Superintendência Regional da Polícia Federal no DF assumiu o caso. A PF não deu mais informações sobre o incidente ou sobre a prisão do homem.

O ministério afirmou, em nota, que segue em pleno funcionamento nesta segunda-feira, 16, e que “as diligências iniciais estão em andamento”. O Ministério da Justiça fica na Esplanada dos Ministérios, próxima ao Palácio do Planalto, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal. Segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo na madrugada de segunda, o carro estava sem motorista. Um objeto de madeira teria sido amarrado ao acelerador para manter o carro em movimento. Pela suspeita de um possível atentado, o esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da PM do Distrito Federal foi acionado, diz o jornal. A PMDF apagou as informações e fotos que foram divulgadas sobre a ocorrência.