A Anvisa autorizou, nesta quarta-feira, 11, a retomada dos estudos com a CoronaVac. Os testes foram suspensos na segunda-feira, 9, após a ocorrência de um “evento adverso grave”. “Buscando atender ao princípio da transparência, a ANVISA informa que acaba de autorizar a retomada do estudo clínico relacionado à vacina Coronavac, que tem como patrocinador o Instituto Butantan”, diz um trecho do comunicado divulgado pela agência em seu site.

Na noite desta terça-feira, 10, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, havia dado 48 horas para que a Anvisa prestasse informações sobre a suspensão dos testes com a vacina desenvolvida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.