Com atuação decisiva de Casemiro, o Real Madrid sofreu nesta terça-feira, 27, mas arrancou o empate com o Borussia Mönchengladbach por 2 a 2, na Alemanha. Vindo de derrota na estreia na Liga dos Campeões, o time espanhol chegou ao empate nos minutos finais da partida. O volante brasileiro foi determinante para o resultado ao dar assistência para o primeiro gol e marcar o segundo, nos acréscimos. Recordista de títulos na competição com 13 troféus, o Real vive má fase neste início de competição. Na primeira rodada, foi batido pelo Shakhtar Donetsk por 3 a 2.

Ainda sem vencer no Grupo B, o time de Madri tem apenas um ponto e está na lanterna. A chave é liderada pelo Shakhtar, que empatou sem gols com a Inter de Milão. Borussia e a Inter somam dois pontos cada, com os alemães na segunda posição. Para esta terça, o time comandado pelo técnico Zinedine Zidane esperava fazer melhor apresentação, principalmente após vencer o Barcelona no sábado, pelo Campeonato Espanhol. Mas precisou ser salvo por Casemiro, que foi o nome do jogo ao lado de Marcus Thuram, autor dos dois gols do time alemão.

Como foi o jogo

Apesar do embalo pela vitória sobre o Barcelona, o Real começou mal o jogo contra o Borussia. Zidane evitou poupar titulares e teve o retorno do zagueiro e capitão Sergio Ramos, desfalque no jogo de estreia. Apesar disso, a equipe espanhola apresentou dificuldades nos primeiros 45 minutos, principalmente por causa da sólida defesa do rival alemão. Casemiro e Vinicius Junior foram titulares, sendo que o atacante formou trio ofensivo com Benzema e Asensio. O primeiro tempo terminou com sete finalizações do Real, contra apenas uma do Borussia.

Porém, esta única tentativa do Mönchengladbach foi o suficiente para deixar os alemães em vantagem. Aos 32 minutos, em bela jogada iniciada por Plea e Stindl, com direito a passe entre as pernas de Varane para encontrar, dentro da área, Thuram, que finalizou para as redes. Sem sucesso no ataque, o Real começou pressionando o segundo tempo. No primeiro minuto, acertou o travessão com Asensio. Mas o ímpeto parou por aí assim que o Borussia ampliou a vantagem no placar. Aos 12, Thuram voltou a brilhar ao iniciar jogada que ele mesmo finalizou, ao pegar rebote de Courtois. A defesa do Madrid praticamente parou apostando num possível impedimento do atacante rival, mas o lateral Mendy dava condição plena, fora do lance.

Abatido, o Real quase sofreu dois gols na sequência. Aos 15, o goleiro do Real fez linda defesa para conter finalização de Plea. Cinco minutos depois, Stindl aproveitou passe de Plea e bateu rasteiro, rente ao pé da trave direita de Courtois. Na metade da segunda etapa, Zidane colocou Hazard e Modric em campo. Em seu primeiro jogo na temporada, o belga se esforçou, mas pouco alterou o panorama da partida. Quem descontou o placar foi Benzema, aos 41, após assistência de cabeça de Casemiro, em cima da linha de fundo. Na base dos levantamentos na área a equipe buscou o empate em jogada semelhante ao primeiro gol. Aos 47, Sergio Ramos escorou de cabeça e Casemiro, na pequena área, só empurrou para as redes, garantindo o empate.

Manchester City vence na França e mantém 100% de aproveitamento

Jogando na França, o Manchester City venceu a segunda e manteve a campanha 100% até agora. O time comandado por Pepe Guardiola derrotou o Olympique de Marselha por 3 a 0. Ferran Torres, Ilkay Gündogan e Raheem Sterling marcaram os gols dos visitantes. O time inglês soma seis pontos e lidera o Grupo C, sendo seguido por Porto e Olympiacos, ambos com três pontos. Jogando em casa, o time português venceu o rival grego por 2 a 0 nesta terça. Fabio Vieira e Sergio Oliveira balançaram as redes.

*Com informações do Estadão Conteúdo