Alheio à guerra travada entre seus ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, o presidente Jair Bolsonaro postou em suas redes sociais uma mensagem ironizando a vacinação obrigatória contra o coronavírus.

Em uma foto ao lado de seu chachorro, o presidente da República deu boa noite aos internautas e demonstrou mais uma vez que em seu governo a vacinação contra o coronavírus não será obrigatória. Para o presidente, vacina obrigatória é só a vacina contra a raiva, em cães.

“Vacina obrigatória só aqui no Faísca”, escreveu Bolsonaro.

Sorridente e dando um sinal de ‘ok’, Bolsonaro tirou a selfie com Faísca dentro do Palácio da Alvorada. Na publicação, o presidente está usando uma camisa de futebol.

A ironia do presidente tem um endereço. É uma forma de atingir um de seus principais rivais na eleição de 2022, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), que defende a vacinação obrigatória.

 

Continua após a publicidade