Principal iniciativa de fomento ao setor náutico brasileiro, o São Paulo Boat Show já tem data marcada. A feira, organizada pelo Grupo Náutica, acontecerá entre os dias 19 e 24 de novembro, na Raia Olímpica da Universidade de São Paulo (USP) — sim, será a primeira exposição com embarcações na água. Espera-se que a 23ª edição do principal evento náutico da América Latina movimente mais de 260 milhões de reais em negócios, um crescimento projetado de 20% em relação a 2019, quando 250 embarcações foram comercializadas. Tradicionalmente, o Boat Show é o palco principal para a apresentação das novidades, lançamentos e inovações do mercado náutico, incluindo embarcações como lanchas, jets, veleiros, infláveis, motores, produtos e acessórios relacionados ao segmento.

Este ano, a edição do evento promete ser mais imersiva. Pela primeira vez, o São Paulo Boat Show exibirá os barcos na água, ao longo da extensão da raia da USP. Além da demonstração, haverá a possibilidade de praticar esportes aquáticos no próprio canal da universidade. Entre os destaques estão canoagem, remo, vela, wakeboard e a construção de dois barcos em tempo real. O evento contará com mais de 20 fabricantes de barcos, que vão disponibilizar mais de 70 embarcações. Devido à pandemia do novo coronavírus, haverá limite diário de público rotativo e o uso de máscaras será obrigatório, tal como a aferição da temperatura corporal. O ingresso para o público geral custa 70 reais, com possibilidade de meia-entrada para idosos. O evento ainda terá transmissão ao vivo para aqueles que não puderem se deslocar ao espaço.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter